Numa noite qualquer em algum techbar…

Filosofia é algo gratuito. Será que pensar na vida é filosofar? Sabe, pensar mesmo… Lembrar, curtir, rir sozinho, ficar parado olhando para o nada, lembrando daquela encruzilhada, bifurcação. Isto é filosofia?

Lembro que em 2008, quando estava no final do meu curso de Engenharia Elétrica, presenciava um boom de opções tecnológicas incríveis, …, presenciava vírgula! Via pela saudosa internet lançamentos mil.

Meu querido Brasil era um mercado promissor. Pelo menos esta era desculpa dada pelos grandes fabricantes para explicar os porquês de não termos disponíveis os grandes lançamentos. Ah! Tinha os impostos. Meu amigo… Isto sim era complicado. Todo o produto entrava aqui com preços absurdos. O jeito (jeito brasileiro?!) era encomendar com um amigo que estava indo a trabalho para os EUA ou algum outro país que tivesse o produto num preço mais justo.

Algumas pessoas adquiriam objetos parecidos ou com preços menores, através de um mercado, dito, pirata.

A pirataria foi um grande dilema daquela época. Brigas com representantes de gravadoras com o mundo “internético”, onde tudo era livre apenas com uns cliques.

O Google… O Google que conheço hoje era apenas uma empresa promissora, mas ao contrário do mercado brasileiro, o “promisso” virou império. Chamávamos o Google de Oráculo! Uma analogia interessante, pois tudo ele conhecia, sabia, indicava. Tinha pessoas que não sabia usar… Ainda tem.

Mas voltando ao meu momento de formando; queria fazer parte deste mundo. Criar coisas, desenvolver, inventar. Minha cabeça rodava em idéias que começaram a popular meu notepad.

Acho que todos têm esperança, mas o mercado não era justo. O QI (quem indica), o parente do parente do gerente, … Faziam muita diferença. Como nunca fui um puxa saco…

Consegui uma evolução na minha carreira. Concretizei alguns projetos, mas aquele sonho de todo homem, acomodado numa frase de objetivos de vida: “Tenha um filho, escreva um livro e plante uma árvore”, não ocorreu. Ainda não sou um imortal. Feitos grandes? Tenho. Mas nada que a humanidade, ou o que sobrou dela, irá lembrar por muito tempo.

Hoje, nem ter filhos virou um plano. Um mundo estranho. Vivemos e respiramos tecnologia, literalmente. Personals, airTouchs, interação, integração, tudo isto e muito mais aos moldes tech.

Acho que houve uma vitória interessante neste ponto. Naquela época, as pessoas estavam se afastando graças à tecnologia. Cheguei ao cúmulo, em alguns anos atrás, de ver uma prova de F1++ com meus amigos, via conferência. Ninguém perto de ninguém… Hoje? Temos seres isolados, mas a maioria das pessoas utiliza seus gadgets para encontrar outras pessoas. Situação? Vou almoçar. Chego ao restaurante (das antigas, por favor!) e meu PersonalWide, me avisa que um contato nível amigo pessoal, está no local. Boa oportunidade para conversar e ter cia para o almoço.

Mas e aí? Pensar na vida presente, passado, futuro (?!) é filosofar?

Acho que sim. Forma bem barata…

continua…

1 comment so far

  1. Blade Runner on

    Não consegui o número do seu PW através do Google Universe Directory, nem mesmo me autenticando com leitor biométrico de DNA. Você deve estar usando um anti-rastreador…
    Queria saber se tem um daqueles antigos Nokia E91 pra vender … dos antigos, que ainda tinham tela de 3″ AMOLED e bateria ao invés de fusão a frio. Queria um pra minha coleção.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: